É MAIS FÁCIL SER CRÍTICO

“É sempre mais fácil ser crítico, do que criar”.


Outro dia estava assistindo um documentário na Netflix sobre criatividade e um dos entrevistados soltou essa frase que me fez parar na hora!


Não porque eu seja uma que vive criticando o que os outros fazem (confesso que já fui desse time, mas de uns tempos pra cá eu só tiro meu chapéu e aplaudo quando alguém se lança em novos desafios), mas porque me veio na cabeça quantas vezes, durante o meu processo de criação eu encontro maneiras de me criticar e me cobrar.


Eu acredito que isso aconteça porque estamos tão rodeados de coisas parecidas - as tendências, as vitrines, sem falar nesses algoritmos do Instagram e do Pinterest que nos levam numa viagem sem fim de dicas e inspirações muito relacionadas entre si - que no momento que realmente surge uma ideia original, vem uma vozinha no meu ouvido e diz: se fosse legal, alguém já teria feito!


Você já se sentiu assim alguma vez?


Nessa hora seria bem mais fácil desistir de criar e me jogar no que já tem resultado garantido. Procurar uma imagem que gosto para reproduzir a modelagem, tirar as medidas da bolsa da amiga para refazer exatamente igual, copiar aquela marca de fora só mudando a cor ou material...


Ainda bem que eu sou teimosa e não desisto rápido! Criar algo original dá trabalho, requer paciência para encontrar novas soluções, mas é a melhor maneira de ser reconhecido e valorizado pelo seu projeto.


Abraços,

Gisele Germany



Processo de criação do Design Modular da @doppiag.gg

Imagens: doppia.g

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo