ARTIGIANI DEL FUTURO - APOENA

Atualizado: Jul 30


"Nós da Apoena entendemos que conhecimento partilhado é conhecimento que não se perde. Compartilhar tudo o que sabemos e gerar valor na vida de outras pessoas pode ter efeitos incríveis."


Uma marca que se apresenta assim, totalmente conectada com nossa crença de que o futuro é coletivo e colaborativo, nos fez querer saber mais sobre ela. Descobrimos uma história linda, real e poética. Não tinha como não compartilhar com vocês a trajetória da Apoena Bolsas, contada por Maia Bonfanti, a filha que fez a ideia do pai se tornar realidade. Mesmo à distância, pudemos entender como tudo aconteceu... e nos inspirar.



História: a origem e a ideia de empreender

Maia: Há alguns anos eu estava morando em Porto Alegre e não encontrava emprego, fazia "freelas" mas nada de conseguir emprego. Então, meu querido pai veio com uma proposta de produzir bolsas com matéria-prima do butiá*, mas para isso eu precisava voltar para casa, em Giruá-RS, e morar com eles, então imagina! AHHAHAH.

Eu achei super legal, mas não entendia nada de bolsas. Nunca pensei em ter uma marca, porque achava que ela deveria ter um diferencial, um propósito. Fui pro SEBRAE montei todo o escopo da marca, apresentei para meus pais e eles disseram que eu tinha que investir. Juntei coragem e vim para casa, tirar a Apoena do papel! Hoje já faz 4 anos!


Apoena significa "aquele que enxerga longe" em tupi guarani, e é tudo o que queremos passar dentro da marca, pensar no futuro de forma carinhosa e sustentável, trabalhando com um produto tão único quanto o nosso, que são as folhas de butiá.

Processo Produtivo: "um processo cheio de afeto" Maia: Estou presente muito mais na parte do desenvolvimento e do marketing, a parte da modelagem e produção venho aprendendo junto com a minha costureira e modelista Mari, que me entende e tenta desenvolver exatamente como eu penso. Mas tenho muito prazer em criar, em colocar as ideias no papel, desenhar, montar as campanhas, fotografar. Essa é a parte que mais me deixa animada.

"Essa é a Mari, parte da nossa pequena GIGANTE, equipe."

Inspiração: "acreditamos nas pessoas antes das coisas"


Maia: Tento sempre me inspirar em histórias locais, uma forma de mostrar um pouco mais da nossa localidade e cultura. Na coleção Poemas Del' Dolor falamos sobre a nossa poetisa giruaense Delvair Dolores Tieppo Giacomini, que tinha a arte de uma forma intrínseca na vida dela, e cada bolsa foi inspirada em uma de suas poesias, que se conecta com o que a gente tenta comunicar, de uma forma mágica.

Potencial: "cada peça é única"

Maia: Nosso maior potencial é apresentar um produto novo, diferente no mercado, com muitas características Brasileiras e com um potencial de exportação ótimo! Mas temos desafios. Um deles é vencer a dificuldade do consumidor de entender os processos manuais e o valor agregado ao produto. Ainda não conseguimos, de fato, vender uma bolsa Apoena com o seu valor de custo exato.

Dicas da Maia "Procure alguém, como por exemplo o SEBRAE, para dar dicas no seu novo negócio, desenvolva ele no papel antes de executar, tenha diferencial, propósito!

E trabalhe MUITO, muito mesmo!

Coloque toda sua energia, se for possível. Na maioria das vezes parece que tudo vai dar errado. Mas se rolar uma satisfação sincera dessa tua criação, tenho certeza que está no caminho certo!" Onde Comprar Maia: Nossos produtos estão à venda no site da marca, www.apoenabolsas.com.

Ahhhh para quem não sabe, também somos fornecedores das Lojas Renner. Tem coleções nossas rolando no site deles! E tudo é feito com o mesmo amor e carinho!

* Butiá é um gênero de palmeiras subtropicais, pertencente à família Arecaceae, que ocorre na América do Sul. As espécies desse gênero se distribuem no Brasil, no Paraguai, na Argentina e no Uruguai. O butiazeiro é uma espécie que corre o risco de entrar em extinção. Trabalhar com plantas de áreas certificadas é o primeiro passo, e de extrema importância, para iniciar as extrações das folhas do butiá, fazendo com que o manejo das palmeiras seja sustentável. No verão é época da fruta da palmeira. O butiá dá em cachos de Novembro a Abril e pode ser consumido in natura ou em forma de suco, sorvete, iogurte, bolo. Ou, como no seu formato mais antigo, a deliciosa cachaça!


Gallery

Imagens @apoenab


© 2015 by Gisele Germany

Mastri é um ateliê-escola de produção artesanal e modelagem de acessórios em couro