TRAMAS E FIBRAS

Se você nos perguntar uma tendência de bolsa que nunca sai de moda na temporada primavera / verão, diremos: bolsas de fibras naturais.


Quer sejam de palha, bambu ou ráfia, principalmente nestas épocas, mas não só, essas bolsas são vistas por toda parte, em todo o mundo. Há muitos estilos, em uma variedade de formas e tamanhos. Esse tipo de bolsa enfatiza a excelência do feito à mão, reúne culturas, técnicas, materiais e designers. Um destino fashion perfeito para quem adora acessórios com uma história e uma estética para contar baseada em simplicidade, autenticidade, personalidade e estilo.


Tanto é nosso apreço pelo assunto que nos fez buscar referências atuais e trouxemos, traduzida, uma matéria publicada na Elle Itália sobre as bolsas de palha lançadas para o verão europeu 2021.


Confira! :)


Muito mais do que bolsas de palha, as tramas e a ráfia deste verão estão ligadas a histórias (e estéticas) verdadeiramente especiais


tradução de ELLE.COM, matéria de GIULIA PACELLA E FEDERICA CAIAZZO

Junho de 2021


Não só à beira-mar, mas também (e sobretudo) na cidade, aqui estão as bolsas que combinam tendências da moda, gosto cosmopolita e know-how artesanal para se apaixonar de imediato.


Esperamos o fim de um longo inverno e agora, finalmente, podemos dá-la a nós mesmos: com a estação quente, elas voltam. As bolsas de ráfia e palha e em geral todas as bolsas tecidas são a tendência dos acessórios da moda verão 2021, autênticos através de um requinte (sofisticado) que continua bem enraizado no estilo cosmopolita. Sim, porque se no sentido mais puro por excelência costumamos identificar a bolsa de palha como a condição sine qua non da moda praia, pode ter a certeza que não são (apenas) bolsas de praia. E defini-los como tais seria um erro nas esplêndidas histórias de que nascem e das quais são mensageiros.


As inserções em couro tornam-nas ainda mais elegantes, combinando perfeitamente com a melhor tradição artesanal. Um know-how que nos leva longe, mas ao mesmo tempo tece um fio condutor entre o gosto metropolitano e o estilo boho, ideal para quem não quer abrir mão de um toque natural nem mesmo na cidade. Se somarmos a isso os projetos extraordinários aos quais algumas dessas criações estão indissoluvelmente (e literalmente) entrelaçadas, você entenderá bem que não estamos mais falando simplesmente de bolsas entrelaçadas, mas de uma viagem pelas histórias e culturas do mundo.


Referimo-nos, por exemplo, a Palorosa, um projeto requintado e bem cuidado nascido em Milão em 2014, com o qual sua fundadora Cecilia Pirani criou uma narrativa de moda em que o artesanato e o design estão encerrados em objetos e acessórios únicos. Com uma estética atemporal e inteiramente feita à mão, as criações de Palorosa são todas feitas à mão na Guatemala por artesãos que preservam e transmitem antigas técnicas de tecelagem.









Bem como as bolsas de ráfia de Made For A Woman, inteiramente feitos à mão por artesãos malgaxes que viveram um passado de violência e abusos, mas que se redimiram através deste trabalho que hoje lhes permite receber um justo salário e apoio. Um estilo de vida digno. Fundada por Eileen Akbaraly, uma designer ítalo-indiana nascida em 1994 e criada em Madagascar, Made For a Woman segue o ritmo da slow fashion, trabalhando cada modelo por dias ou semanas. O resultado são bolsas de ráfia únicas, muito coloridas, feitas por mulheres para mulheres, e muito especiais porque - como diz a própria Eileen Akbaraly - “não há duas mulheres iguais e não há duas criações iguais”. Moda e natureza, ética e estética, matéria e cor tornam-se assim os elementos que dão vida às bolsas com maxi franjas, bolsas de ráfia em crochê, num remix que faz da feminilidade o centro do universo Made For A Woman.


Da alça de ombro, à (mini) bolsa bucket, da bolsa de mão aos cestos com silhuetas pouco convencionais, selecionamos para você uma série de bolsas para se apaixonar e desejar neste verão 2021. Cada uma é uma obrigação garantida de serem escolhidas por associação, de acordo com a personalidade e o gosto.


Em um palavra? Divino, e muito especial.


Fonte: Elle

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo